x
Atualizado em 21.09.2017 às 15:44

Entretenimento

Cozinha do Gaúcho

Molho de funghi para acompanhar massas e carnes

Publicado em 14.09.2017, às 10h00

Atualizado em 21.09.2017, às 15h44

Molho de funghi secchi cai muito bem com uma massa
Foto: Eduardo de Azevedo

Por Eduardo de Azevedo

Funghi secchi (ou fungo seco em português) é um ingrediente que pode ser preparado em diversas receitas. Pode ser usado em risotos, combina com carnes e massas e, se você quiser, pode ser consumido como um antepasto. Portanto, é muito versátil. Esta semana, a Cozinha do Gaúcho traz uma receita de molho de funghi para acompanhar massas e carnes.

Funghi não é uma espécie de cogumelo. É a denominação em italiano para qualquer cogumelo, seja desidratado ou in natura. A espécie que normalmente encontramos em supermercados e casas de produtos naturais, e que eu usei nesta receita, com o nome de funghi secchi é o chileno, de sabor bem acentuado.

Antes de ser cozido, o funghi secchi precisa ser hidratado com água, vinho ou leite. Eu hidrato com água, para ser usada na própria receita. É importante que o cogumelo seja bem higienizado em água corrente, para liberar restos de areia e pequenas folhas.

A receita que a Cozinha do Gaúcho sugere é prática e de fácil preparo. O molho cai muito bem com qualquer tipo de massa, peixes e com um delicioso medalhão. Então, aventure-se nas panelas e aprenda a fazer essa delícia para arrasar num almoço ou jantar para a sua família ou amigos. Bom apetite!

Ingredientes

100g de funghi secchi
3 dentes de alho
1 cebola média
1 colher de sopa de manteiga sem sal
azeite
300ml de vinho branco seco
100ml de shoyu
500ml de água
1 caixa de creme de leite

Modo de fazer

O funghi secchi normalmente encontrado no comércio é o chileno

O funghi secchi normalmente encontrado no comércio é o chileno Foto: Eduardo de Azevedo

Hidrate o funghi com 500ml de água. Depois esprema os cogumelos, coe a calda com um pano e reserve o líquido. Lave bem o funghi até saírem todas as impurezas (pequenas folhas e areia).

Antes de picar os dentes de alho, abra ao meio para retirar o cabinho do miolo. Pique uma cebola. Numa panela ou frigideira alta, aqueça fios de azeite com uma colher de manteiga sem sal. Refogue a cebola e o alho por dois minutos.

Adicione o vinho e o shoyu e deixe ferver por uns cinco minutos para o álcool evaporar. Acrescente o funghi hidratado. Cozinhe por uns dez minutos e acrescente os 500ml da calda do cogumelo. Tempere com uma pitadinha de sal.

Deixe o molho reduzir pela metade (mais ou menos 25 a 30 minutos). Acrescente o creme de leite. Mexa bem. Aqueça, mas não deixe levantar fervura. Desligue e sirva como acompanhamento de massas ou carnes. Receita serve seis pessoas.

Cozinha do Gaúcho Eduardo Azevedo é considerado pelos amigos como o gaúcho mais pernambucano que eles conhecem. É formado em jornalismo pela Unisinos, em São Leopoldo/RS, e foi adotado por Pernambuco faz 25 anos. A cozinha é uma das suas paixões.. gaucho.azevedo@gmail.com

Continue Lendo

Voltar para o topo