x
Atualizado em 26.03.2015 às 09:08

Entretenimento - Música

Teatro Luiz Mendonça

Johnny Hooker estreia turnê Macumba no Recife

Publicado em 26.03.2015, às 12h04

Atualizado em 26.03.2015, às 09h08

O show será focado em canções do novo trabalho Eu vou fazer uma macumba pra te amarrar, maldito, um disco conceitual centrado no amor e na paixão
Foto:


Do NE10

Uma passionalidade de tango argentino. As dores e delícias do amor e do sexo. Paixão rasgada, foras homéricos, lavagem de roupa suja. A junção desses sentimentos misturada a performances dramáticas será um pouco do que vai acontecer nesta sexta-feira (27), no Teatro Luiz Mendonça, no Parque Dona Lindu, quando o cantor, compositor e ator recifense Johnny Hooker estreia a turnê Macumba.

O show será focado em canções do novo trabalho Eu vou fazer uma macumba pra te amarrar, maldito, um disco conceitual centrado no amor, na paixão, em idas e vindas. "É uma história com começo e fim. O personagem vai do fundo do poço à superfície, das trevas à luz, em duas partes. A primeira é a exposição da dor, a segunda a expurgação da dor, com uma música que é o interlúdio", explicou Johnny Hooker em entrevista ao crítico de música do Jornal do Commercio, José Teles.

Além da canção homônima ao disco, Johnny Hooker canta Volta - talvez uma das mais esperadas pelo público -, música que integrou a trilha sonora do premiado Tatuagem, do diretor pernambucano Hilton Lacerda. O repertório também inclui Alma sebosa, que fez sucesso na novela Geração Brasil, da Globo. O setlist segue com Chega de Lágrimas, Amor Marginal, Segunda Chance, Boyzinho, Boato, Você Ainda Pensa? e Desbunde Geral. Os ritmos passeiam pelo rock, samba, brega, merengue e frevo.

Eu vou fazer uma macumba... quebrou paradigmas no mercado fonográfico ao alcançar o topo das paradas nas plataformas de streaming e no iTunes. No Deezer ficou em primeiro lugar desbancando a trilha do blockbuster Cinquenta Tons de Cinza. No iTunes passou por cima de álbuns sertanejos, conhecidos por venderem bem.

COMO COMEÇOU - John Donovan desde adolescente já não temia se expor. Em 2004, fez uma performance, cantando em inglês, como um dos concorrentes do festival Microfonia, promovido pela Aeso. Estava com 16 anos. Quatro anos mais tarde, na terceira participação no citado festival, levou o primeiro lugar com a banda Candeias Rock City. Sua carreira foi num crescendo desde então, como músico e ator. A participação no elogiado Tatuagem, acabou também lhe rendendo o convite para a novela da TV Globo.

Compartilhe

Voltar para o topo